Chegada dos primeiros japoneses em solo brasileiro é pauta de seminário na Alesc

13 de dezembro de 2018

A história dos primeiros japoneses a pisarem o solo sul-americano, náufragos do veleiro Wakamiyamaru, que no ano de 1803 aportaram na Ilha de Santa Catarina, é a pauta do primeiro seminário internacional que será realizado nessa sexta-feira (14), das 13h às 21h30min, no Plenarinho Deputado Paulo Stuart Wright, na Assembleia Legislativa, em Florianópolis.

O objetivo do encontro é debater e divulgar as pesquisas e iniciativas relacionadas a história da chegada dos primeiros japoneses no Brasil, em solo catarinense, a importância da preservação da memória, a participação da comunidade japonesa na economia, cultura e história de Santa Catarina e a cooperação entre Japão e Brasil, com vistas à elaboração de iniciativas parlamentares. Uma das ideias é o encaminhamento de propostas a órgão públicos municipal, estadual e federal, para construção de um jardim japonês com monumento e memorial dedicado a russos e japoneses no local de desembarque, junto ao Forte de Santana.

O seminário, que faz parte da programação da 8ª Semana da Amizade Brasil Japão, comemorada por lei em todo o mês de dezembro, é aberto a quaisquer pessoas, mas a expectativa é de que reúna principalmente estudantes, professores e pesquisadores de história, diretores e funcionários de museus, bibliotecas e fundações culturais. 

Está confirmada a participação do escritor Mikio Oshima, de Yokohama, que vai apresentar o resultado de suas pesquisas sobre o episódio que ocorreu entre o final do século XVIII e início do século XIX, relacionado a circum-navegação de um navio russo onde havia japoneses, e que esteve em Santa Catarina. O relato decorrente dessa viagem possibilita a análise de costumes, tecnologias, geografia, política e cultura da época nos lugares por onde a expedição passou. A palestra será traduzida pela japonesa Mayumi Suzuki Serpa.

Atualmente, de norte ao sul do Brasil, vivem cerca de 1,9 milhão de descendentes, inclusive uma expressiva comunidade em Santa Catarina, que forma a maior comunidade nipo-descendentes fora do Japão, com forte participação em setores produtivos, nas universidades e na cultura.

O seminário será realizado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, por meio da Comissão de Legislação Participativa e da Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira com apoio do Consulado Geral do Japão em Curitiba, da Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais do Estado de SC, da prefeitura de Florianópolis, da Capitania dos Portos de Santa Catarina, da Polícia Militar e da Fundação Catarinense de Cultura. 

 

PROGRAMAÇÃO

13:00 – Credenciamento

14:00 – Abertura do Evento

14:30 – Palestra I – Surgimento, função e a importância das pesquisas da Associação Wakamiya-maru, com Paulo Baltazar da Rosa e Andrei Francisco Fernandes (tenente PM)

16:00 – Palestra II – Os Japoneses e a História de Santa Catarina, com a professora Kelly Ishida 

17:30 – intervalo

18:00 – Palestra III – A Cooperação entre Japão e Brasil na construção de um novo modelo de segurança pública, com Thiago Augusto Vieira (major PM)

19:30 – Palestra IV – Os Primeiros japoneses que deram a volta ao mundo – The Japanese Who went round the world at first time, com o escritor Mikio Oshima

21:30 – Encerramento